Qual é a coisa mais importante para os estudantes de jornalismo saberem?

Antes de tudo, você precisa saber que vai trabalhar para um negócio. Apesar de todas as suas noções de fantasia jornalística, você é um empregado que faz um produto. Quer se trate de fotos, cópia editada, histórias ou qualquer outra coisa, você está produzindo algo para o seu empregador.

 

Por causa disso, você precisa entender as coisas em um nível comercial. A melhor maneira de progredir é ter algum tipo de alavancagem. Os dias de fazer um bom trabalho em seu trabalho de baixa qualidade e subindo em algo mais alto em um período relativamente curto de tempo acabam. Se você quer ficar preso em um jornal, nunca receber um aumento e nunca sair do jornalismo comunitário, tudo bem. Mas entenda que talento não vai te levar até os dias de hoje. Não é pessoal: é negócio.

 

Então você pode precisar desistir de suas idéias de ter seu “emprego dos sonhos”. Você quer ter um trabalho que atenda às suas necessidades básicas, é claro, mas lembre-se: é um trabalho. Seu empregador irá tratá-lo como um empregado, e você deve tratá-los como um empregador.

 

Eles podem pagar um salário baixo porque você é jovem ou inexperiente ou desesperado. Então, dê a eles uma razão para não pagarem um salário baixo: forneça algum tipo de serviço que eles não possam dispensar. Depois de provar seu valor, comece a se candidatar a vagas em outro lugar. Crie competição para você. É assim que você vai acabar em um bom trabalho que você goste.

 

Claro, você não pode fazer isso se você não estudar e praticar o inferno fora de seu ofício, seja ele qual for – escrita, edição, fotografia, web design, desenvolvimento web, besteira social blá blá blá, seja qual for. Seja bom no que você quer fazer, ou você não pode se ajudar.

 

Alguns podem dizer que estou errado ao pensar nisso, mas o panorama atual da mídia se move muito mais rápido do que costumava ser. Trabalhar em um escritório distante por cinco anos e, finalmente, mudar para uma batida no metrô não é necessariamente o caminho a percorrer nos dias de hoje. Muitos papéis ainda estão pagando salários iniciais que eram os mesmos 10 anos atrás. Então você precisa estar motivado para tornar as coisas melhores para si mesmo, porque elas não serão entregues a você.

 

Além disso, nunca faça um estágio não remunerado. Alguns podem discordar fortemente disso, mas as pessoas devem parar de desvalorizar o trabalho dos jornalistas. Você vale alguma coisa, certo? O seu tempo, energia e talentos não valem algum tipo de pagamento? Se não, por que você está tentando conseguir um emprego? Vá voluntário em algum lugar em vez disso. Mas se você vai trabalhar para uma organização, você deve receber um salário. O crédito da faculdade é claro, diferente, mas eu ainda não gosto disso. Você também deve saber que muitos estágios não remunerados são realmente ilegais. E se coloque no lugar do empregador: com quem você vai se importar mais – pessoas que você paga ou pessoas que você não paga?

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *